Normas para apresentação de trabalhos científicos
Download das normas de apresentação


Academia Insecta é uma revista científica dedicada a promover o desenvolvimento acadêmico-científico nas diversas áreas da entomologia. Projetos desenvolvidos durante os cursos de graduação nas diferentes áreas onde a entomologia se encontra presente incluindo morfologia, sistemática, ecologia, etologia, genética, reprodução, comunicação, dentre outros, resultam em pesquisas que necessitam divulgação em fórum apropriado.

As contribuições científicas para a revista devem ser oriundas originalmente de trabalhos desenvolvidos por estudantes de graduação matriculados em qualquer instituição de ensino do País. O primeiro autor deverá obrigatoriamente ser estudante de graduação matriculado no momento de envio do artigo para os editores. Os artigos devem ser submetidos via correio eletrônico ao endereço academia@insecta.ufv.br seguindo-se as normas estabelecidas pela revista. Após o recebimento o artigo será enviado para 2 editores sêniores e 1 júnior para comentários.

Os comentários serão devolvidos aos autores para as modificações necessárias. Finalmente o artigo será revisado por um dos três editores e submetido a divulgação na página da Academia Insecta. Os artigos serão divulgados exclusivamente por via eletrônica na URL http://www.insecta.ufv.br via formato PDF (Portable Format Document), onde poderá ser recuperado e lido por meio do Acrobat Reader Adobe http://www.adobe.com.

Instrução aos Autores

São aceitos para publicação trabalhos científicos originais sobre qualquer área da Entomologia, em português, espanhol ou inglês. O primeirto autor deve obrigatoriamente ser estudante de graduação devidamente matriculado. Os trabalhos devem ser enviados via correio eletrônico para o endereço academia@insecta.ufv.br, digitado em programas de uso corrente no país.

Na elaboração do trabalho siga as seguintes normas:

1. Na PÁGINA ROSTO indique no canto direito superior o nome e o endereço completos do autor a quem enviar a correspondência. Abaixo coloque o título do trabalho em letras minúsculas; nomes científicos deverão ser em minúsculo e itálico. Use apenas o nome abreviado do autor do gênero ou espécie e NÃO use o ano. Abaixo do título, nome do(s) autor(es) do trabalho em maiúsculas, usando apenas o primeiro nome e o sobrenome de cada autor por extenso. Abaixo do nome dos autores, mencione no rodapé a instituição e endereço eletrônico de cada autor com chamada numérica.

2. Na página 2 inicie com o Abstract. Em primeiro lugar coloque o título do trabalho em inglês em letras minúculas, com as iniciais maiúsculas. Abaixo coloque a palavra ABSTRACT em maiúsculo junto à margem esquerda seguida de hífen, continuando com o texto do abstract em parágrafo ÚNICO. Deixe espaço e mencione a seguir as KEY WORDS em maiúsculo. Use no máximo 5 (cinco) key words, diferentes das palavras usadas no título do trabalho, separadas por vírgula e com ponto no final da última palavra.

3. Na página 3 inicie com a palavra RESUMO em maiúsculo junto a margem esquerda seguida de hífen, continuando com o texto em parágrafo ÚNICO. Não repita o título do trabalho. No final do resumo, deixe espaço, e mencione as PALAVRAS-CHAVE, seguindo as instruções mencionadas para o abstract.

4. Da página 4 em diante, inicie com a introdução sem colocar a palavra introdução. Seguir com Material e Métodos e Resultado e Discussão (esses dois últimos ítens podem aparecer juntos ou de forma independente). Esses títulos devem ser escritos em minúsculo, com as iniciais em maiúsculo, centralizados em negritados. Não inclua o ítem conclusões em separado. As conclusões devem ser mencionadas dentro do ítem Resultados e Discussão. Em seguida inclua o ítem Agradecimentos, se houver. Ao longo do trabalho mencione os autores das referências bibliográficas em minúsculo seguido do ano e após vírgula. P. ex.: (Martins 1986, Soares 1987, Rhode 1990) observando a ordem cronológica e não a ordem alfabética. Para dois autores use o símbolo &. P. ex.: Robinson & Smith (1982). Para mais de dois autores use et al. em itálico. P.ex.: Almeida et al. (1981). Inicie PÁGINA NOVA para mencionar a Literatura Citada. No corpo do texto os autores dos gêneros e espécies zoológicos citados devem vir por extenso e acompanhados com o ano da descrição na primeira vez em que são citados, podendo-se omití-los a partir daí (conforme recomendação do Código Internacional de Nomenclatura Zoológica).

5. Literatura Citada. A literatura deve ser citada em ordem alfabética usando o(s) nome(s) autor(es) em minúsculo e o ano da referência. Cite apenas o número do volume. Não use o número do fascículo. Use vírgula para separar os nomes dos autores e não use ponto e vírgula. Cite o primeiro autor pelo sobrenome e após as iniciais dos nomes. Do segundo autor em diante use primeiro as iniciais do nome e após o sobrenome por extenso. Use o símbolo & antes de citar o último autor. Abrevie os títulos das fontes bibliográficas, sempre iniciando com letras maiúsculas. Optou-se pelo sistema de abreviaturas dos periódicos utilizados pela Sociedade Americana de Entomologia. Evite citar teses e resumos. Veja exemplos de citação de artigo, livro e capítulo de livro.

Acioli, A. 1971. Nova praga de feijoeiro no Estado do Ceará Chalcodermus spp. (Coleoptera: Curculionidae). Biológico 37:17.

Waquil, J.M., P.A. Viana, A.I. Lordello, I. Cruz & A.C. de Oliveira. 1982. Controle da lagarta do cartucho em milho com inseticidas químicos e biológicos. Pesq. Agropec. Bras.17: 163-166.

Chapman, R.F. 1982. The insects structure and function. 3rd ed., Cambridge, Harvard University Press, 919p.

Dale, D. 1988. Plant-mediated effects of soil mineral stresses on insects, p.35-110. In E.A. Heinrichs (ed.), Plant stress-insect interactions. New York, Wiley, 492p.

6. Após a lista de referências bibliográficas, inicie página nova com as tabelas. Coloque uma Tabela por página. Cada Tabela deverá ser numerada, seguido de ponto. P. ex.:

Tabela 1. Parasitismo (%) de Eutrichopodopsis nitens em adultos de percevejo verde Nezara viridula coletados no distrito de Warta, Londrina, PR.

As notas de rodapé nas tabelas deverão ter chamada numérica. Não use letras ou asteriscos.

7. Após as Tabelas, inicie página nova com a lista de legendas das figuras. Escreva a palavra Figura em minúsculo seguida do número da figura e ponto. P.ex.:
Figura 3. Percentagem de lagartas de Anticarsia gemmatalis parasitadas por Euplectrus chapadae observadas em coletas semanais no campo em Ponta Grossa, PR.

ATENÇÃO: Nas Tabelas e Figuras quando se referir a valores médios, incluir o erro padrão da média e o n (número de observações), usando para a média uma casa decimal e para o erro padrão duas. Escreva o(s) nome(s) científico(s) por extenso nas legendas e quando mencionados pela primeira vez no Resumo, Abstract e na Introdução. No restante do trabalho use o nome genérico abreviado. Após as legendas das figuras inclua as figuras originais em formato JPEG, uma por página, indicando no canto superior direito o número da figura e o sobrenome do primeiro autor. Se necessário use fotografias em preto e branco e/ou coloridas.

Enviar manuscrito para:

Editoria
Academia Insecta
Email: academia@insecta.ufv.br

 

Principal | Webdesign